Este ano tivemos o impeachment da ex-presidente Dilma, a Índia retirando de circulação as notas de 500 e 1000 Rúpias, Brexit e Trump. O Bitcoin abriu o ano numa cotação de US$ 432,00 e agora está US$ 740,00!

A valorização do bitcoin é irrelevante diante do impacto profundo que o conceito e a tecnologia que estão por trás dele vão proporcionar ao mundo.

Penso que o ano de 2016 será o ano que não terminará! EUA, Grã Bretanha, Brasil e Turquia são países divididos pela metade, o Brexit e o Trump são a confirmação de um mundo partido, as fronteiras estão cada vez mais líquidas e as economias vivem novos dilemas! O resultado dos acontecimentos de 2016 provavelmente somente poderão ser vistos daqui há dez ou quinze anos.

No mundo das empresas, vemos dilema semelhante. No segmento de serviços financeiros, os bancos sofrem ataques de legisladores, reguladores e clientes. Uma tempestade perfeita para que as fintechs avancem com suas estruturas agéis, com um olhar para resolver os problemas dos clientes, serviços melhores e custos mais baixos.

Como cidadão do mundo quero transacionar com uma moeda global, sem ter que gastar parte do meu dinheiro fazendo câmbio de uma moeda para outra, num sistema financeiro paralítico e caro.

Vejo um mundo em que uma pessoa poderá mandar R$ 10,00 ou melhor BTC 0,004 para outro do lado do mundo de maneira rápida, eficiente e com custo baixíssimo.

Neste novo mundo, uma pessoa poderá investir R$ 10,00 ou BTC 0,004 numa ação de uma startup em Israel, Cingapura ou EUA.

Eu sou o fazendeiro deste novo mundo, estou plantando e regando em todos os lugares e claro já estou vendo nascer no horizonte os primeiros frutos desta jornada.

O mundo está rachado, governantes não conseguem mais entender como governar, pessoas querem acreditar nas outras pessoas e não em partidos e políticos, empresas do século XX não conseguem se reinventar e as startups fazem uma revolução nas economias.

Neste cenário de incertezas vivas, o bitcoin reforça a sua posição como reserva de valor num mundo aonde cada vez menos confiamos nos nossos governantes e governos.

Participe também dessa revolução, cadastre-se em https://www.blog.foxbit.com.br, ganhe um crédito, compre bitcoin e seja cidadão de uma nova era.